"O mundo à minha maneira" de Daniela Soraia Neves Pinho foi apresentado na Biblioteca Municipal
Cultura

"O mundo à minha maneira" de Daniela Soraia Neves Pinho foi apresentado na Biblioteca Municipal

Tendo escolhido a Biblioteca Municipal José Marmelo e Silva como palco para apresentar a sua obra à comunidade, a autora sensibilizou a plateia com a descrição de "um mundo visto pelos olhos de quem não vê".
A autora é paramense, "nasceu no dia 11 de abril de 1999, no hospital S. Sebastião em Santa Maria da Feira. Com apenas dois meses de idade, e após alguns exames, os seus pais descobriram que era cega e durante cerca de dois anos fizeram de tudo para encontrar uma cura, algo que não conseguiram, deparando-se assim com um diagnóstico irreversível. 
Com três anos começou a frequentar o pré-escolar a meio tempo, passando a cumprir o regime normal apenas no ano seguinte. Aos seis anos saiu da escola da sua residência, onde frequentara o pré-escolar, para ir para a escola da cidade mais próxima, para poder continuar com o apoio de ensino especial que já vinha tendo. Muda novamente de escola no quinto ano, onde se desloca para o Porto, para frequentar a escola de referência destacada pelo governo para pessoas cegas ou com baixa visão mais próxima da sua área de residência. É nessa escola que conclui o décimo segundo ano. 
Após o término do décimo segundo ano ingressa no curso superior técnico profissional de Serviço Familiar e Comunitário, no instituto politécnico da Maia (ipmaia), que conclui com excelência. Ainda no decorrer do curso, tem a oportunidade de fazer um estágio curricular com pessoas com deficiência, área de que muito gosta. 
As suas outras paixões prendem-se com a leitura, a escrita e o canto. Por gostar tanto de escrever, resolveu um dia iniciar a escrita de alguns textos, que vieram a tornar-se no seu primeiro livro "O Mundo à Minha Maneira"."

Sinopse da obra: 
Conheça um mundo sem barreiras nem preconceitos. Um mundo visto pelos olhos de quem não vê. Um mundo cheio de aventuras e desventuras que o levará, através da leitura de textos, a conhecer, não só a sua autora, mas também algumas das pessoas que da sua vida fazem parte. Sejam então bem-vindos ao mundo à Nossa, à Vossa. À Minha Maneira.